Perfil

Criamos esse espaço para que nossos pacientes, amigos e curiosos por nutrição possam sempre encontrar informações, novidades, receitas e dicas que vão de encontro ao nosso atendimento. Esperamos que vocês curtam!

CONTATO:

Rua Dr. Montaury 1441 sala 402. Caxias do Sul/RS
Tel: (54) 30664554
Whats: (54) 981557525
Email: clarisse@corporesanocaxias.com.br
Site: www.corporesanocaxias.com.br
Face: www.facebook.com/clarisse.zanette
Instagran: @clarissezanette

14 de maio de 2011

GORDURA DE PRIMEIRA - Revista Womens Health


A Revista Womens Health do mês de maio/11 contou com a minha participação. A matéria fala sobre os benefícios do óleo de coco. Estudos mostram que o óleo de coco ajuda a diminuir o peso e gordura, além disso contribui para a redução do colesterol e é ANTIOXIDANTE (previne o envelhecimento)!

Gordura que emagrece: A principal vantagem do óleo de coco é que ele possui um tipo de gordura chamado triglicerídeos de cadeia média (TCM). Complicou? Nada, é mais fácil do que parece. Esse óleo contribui para o emagrecimento e para a redução da gordura abdominal porque não precisa de enzimas para ser absorvido, como os outros tipos. No fígado, se transforma em energia rapidamente, e não se deposita no organismo. Por isso, é considerado um alimento termogênico: gera calor e queima calorias. Esses resultados foram comprovados por um estudo na Universidade McGill, no Canadá. Outra pesquisa, publicada no periódico American Journal of Clinical Nutrition, dos EUA, mostrou que o consumo de TCM resulta em maior redução de peso e de gordura do que o de azeite de oliva. “A gordura do óleo de coco promove ainda sensação de saciedade, fazendo com que o indivíduo consuma menos alimentos”, completa o cardiologista e nutrólogo Sérgio Puppin, autor do livro O Milagre de uma Gordura (Ed. Cequal, 224 págs., R$ 40). Mas isso não é desculpa para não mudar hábitos, praticar atividade física regular e alterar dieta. “O óleo de coco não fará milagre sozinho!”, avisa a nutricionista Priscila Di Ciero, de São Paulo.


Mais vantagens: Outra boa notícia é a presença de ácido láurico, um ácido graxo saturado que auxilia no combate às inflamações e na redução do colesterol ruim (LDL). E mais: “Tanto ele quanto o ácido caprílico aumentam as defesas do organismo, evitando, prevenindo e melhorando doenças como gripes e resfriados”, afirma Puppin. O óleo de coco tem ainda ômega 6 e ômega 9, que ajudam na redução do colesterol, e vitamina E. “Essa última é um antioxidante poderoso, que ajuda a prevenir o envelhecimento ao combater radicais livres. Tem também ação anti-inflamatória” explica a nutricionista Clarisse Zanette, mestre em ciências médicas pela UFRGS.


No prato: Você pode consumir o óleo de coco de 2 maneiras, para tempero em saladas, suflês, misturados em comidas ou em cápsulas. Tanto o óleo in natura ou em cápsula é 100% natural e não tem contra-indicações.

Quanto comer: Consuma até 3 c. sopa ao dia ou 2 cápsulas (aqui vai depender da quantidade da cápsula).

Nenhum comentário:

Postar um comentário