Perfil

Criamos esse espaço para que nossos pacientes, amigos e curiosos por nutrição possam sempre encontrar informações, novidades, receitas e dicas que vão de encontro ao nosso atendimento. Esperamos que vocês curtam!

CONTATO:

Rua Dr. Montaury 1441 sala 402. Caxias do Sul/RS
Tel: (54) 30664554
Whats: (54) 981557525
Email: clarisse@corporesanocaxias.com.br
Site: www.corporesanocaxias.com.br
Face: www.facebook.com/clarisse.zanette
Instagran: @clarissezanette

30 de março de 2012

Cardápio Contra a Ansiedade!


Viver agitado e com muitas preocupações na cabeça não só prejudica o humor como faz o ponteiro da balança aumentar. Por isso, dê um tempo e invista em nutrientes calmantes.
A ansiedade contribui para a produção de cortisol, um hormônio associado ao acúmulo de gordura no abdômen. Uma maneira de diminuir este estresse é fazer exercícios físicos. Mas não é a única.

Há estudos que apontam a relação entre certos nutrientes com uma menor agitação. Um desses trabalhos foi publicado recentemente pela Universidade do Estado de Ohio, nos Estados Unidos. Nele, os jovens que receberam suplementação de ômega-3 apresentaram uma redução de 20% nos níveis de ansiedade quando comparados a quem consumiu cápsulas sem ômega 3.
A dieta exerce um papel importante no controle dos ânimos. Mas nenhum alimento é mágico. O tratamento é multidisciplinar. Segue alguns alimentos que podem auxiliar na redução da ansiedade:
Ômega-3
Para os pesquisadores da Universidade do Estado de Ohio, a suplementação com essa gordura reduz a ansiedade ao reduzir a concentração de citocinas, substâncias consideradas pró-inflamatórias. Os ômegas 3 e 6 facilitam a atuação de neurotransmissores como a serotonina, que cria a sensação de bem-estar.
Fontes: linhaça, óleos vegetais, azeite de oliva e peixes de água fria, como atum, sardinha e salmão.

Magnésio

A enzima que converte o triptofano em serotonina é dependente desse mineral e sua presença ajuda a acalmar os nervos. Além disso, o magnésio bloqueia um receptor chamado NMDA, que causa uma excitação exagerada no cérebro. A consequência são sintomas como irritação, ansiedade e estresse.
Fontes: cereais e grãos integrais, abacate, nozes, castanhas, amêndoas e vegetais folhosos.

Vitamina C
Estudos  mostram que ela ajuda a reduzir a produção de cortisol, hormônio do estresse. E esse não é seu único trunfo: ela combate os radicais livres, moléculas nocivas que fazem a festa em momentos de tensão.
Fontes: acerola, limão, laranja, morango, caju, brócolis e rúcula.
Evidências elevam a crer que os exercícios acalmam os nervos porque estimulam a liberação de uma substancia chamada endorfina. Até agora as atividades aeróbicas, como corrida, pedalada e natação, mostraram.se mais eficientes nesse sentido. Mas para a sessão de descarrego funcionar mesmo e preciso escolher o horário do treino com cautela.


Cálcio
Entre suas tarefas estão administrar a transmissão de impulsos nervosos e, junto com o magnésio, gerenciar a contração muscular. A ausência do mineral, é capaz de gerar uma senhora agitação.
Fontes: leite e derivados, vegetais verde-escuros, salmão e gergelim

Complexo B
Todas as vitaminas desse grupo mantêm o corpo em ordem. Mas, a B6 e o ácido fólico são essenciais para a formação do neurotransmissor serotonina. Sem essa dupla do complexo B somada ao triptofano e ao magnésio, ele não é criado.
Fontes: feijões, lentilha, grão-de-bico, cereais integrais, aspargos e couve.

Exercício Físico

22 de março de 2012

Bebida Poderosa! Conheça os benefícios do Chá Branco.


Aliado da dieta
Estudos mostram que o chá branco pode dar uma mãozinha para quem quer perder peso. A cafeína e outras substâncias presentes na infusão alteram o funcionamento do metabolismo, aumentando a queima de calorias em cerca de 7%.

Vitaminas e minerais
A versão em pó da bebida contém boas doses de nutrientes fundamentais para o organismo, como o ácido fólico, o potássio, o manganês e as vitaminas K,C, B1 e B2.

Contra as bactérias
O chá branco ajuda a dar cabo em organismo oportunistas, como os causadores da pneumonia e da cárie. Uma pesquisa americana feita na Universidade Pace mostrou que os responsáveis por essa ação são os polifenóis presentes na bebida.

Coração blindado

O tanino, uma das moléculas mais abundantes na infusão, diminui as taxas de LDL, o colesterol ruim, um dos culpados por problemas cardíacos como a aterosclerose e o enfarto.

Como preparar
Assim que a água começar a borbulhar desligue o fogo. Espere três minutos e coloque as folhas. Deixe tampado por mais cinco minutos e beba logo após o preparo, pois o ar destrói parte dos componentes ativos.

O jeito certo de consumi-lo
Você deve ingerir, pelo menos, três xícaras ao longo do dia. Por ser adocicado e leve não é preciso adoçar. O açúcar além de alterar o sabor da bebida, pode roubar alguns dos seus efeitos medicinais. O chá branco
é rico em cafeína, então evite consumi-lo depois das 18h para que ele não atrapalhe o sono.

15 de março de 2012

Coma e Emagreça


Quando você está em jejum, seu organismo entra em estado de alerta. Privado de novas fontes de energia, ele entende que precisa racionar suas reservas para enfrentar um eventual período de escassez alimentar. Resultado: Fica mais difícil acessar os estoques de gordura, e o corpo passa a utilizar a massa magra dos músculos para gerar energia. Por isso, ficar sem comer não é a melhor solução para quem quer ver o ponteiro da balança lá embaixo.

- Aposte nos alimentos ricos em fibras, como verduras, legumes e cereais. Eles ocupam maior volume no estômago, promovendo saciedade. Sem contar que auxiliam no trânsito intestinal e ajudam a eliminar gordura.

- Procure consumir alimentos com baixo índice glicêmico, aqueles que são lentamente absorvidos pelo organismo e, portanto, não promovem picos de açúcar no sangue. E, ainda por cima, dão saciedade. É o caso da aveia, do farelo de trigo, da pêra e da maçã.

-Faça cinco refeições por dia! Isso mesmo. O ideal é comer a cada três ou quatro horas. A mastigação e a digestão, por si sós, já ativam o metabolismo, fazendo com que ele aproveite melhor a energia. Além disso, comer mais vezes evita a fome excessiva na refeição subseqüente, o que permite reduzir o tamanho das porções. Sem contar que o corpo bem abastecido mantém a produção de insulina estável, o que evita picos que levariam ao acúmulo de gordura.

-Coma proteína logo de manhã. Vale leite desnatado, ovo cozido e peito de peru. Um estudo realizado na
Universidade Purdue, nos Estados Unidos, revelou que consumir o nutriente nesse horário faz com que a pessoa se sinta até cinco vezes mais saciada durante o dia.

-Inclua alimentos como chá verde, pimenta-vermelha e gengibre na sua dieta. Embora não haja um consenso científico, alguns estudos apontam para o efeito termogênico desses itens. Em outras palavras, eles ajudariam a acelerar o metabolismo.

3 de março de 2012

Azeite e óleo de linhaça: uma dupla imbatível


Saiu na revista saúde deste mês uma matéria sobre AZEITE DE OLIVA E LINHAÇA DOURADA!!! Todos sabem os seus benefícios, mas agora são comprovados por estudos científicos.
Segundo o trabalho, pequenas doses desses alimentos combinados reduzem o risco de obesidade e diabete do tipo 2.
Os pesquisadores comprovaram estes benefícios comparando as gorduras saturadas com as insaturadas e verificaram que uma dieta rica em gordura saturada (sorvete, doces, manteiga e produtos industrializados) aumentam a obesidade e diabetes. Após utilizaram a combinação de azeite de oliva e linhaça dourada e observaram que esta combinação contendo ômega 3 e ômega 9 reduziram os níveis de inflamação, obesidade e diabetes.
Os pesquisadores também mostram que os melhores efeitos desta combinação foi o uso de 1 c. sopa de cada óleo em salada ou misturada na comida por dia.

Hoje já encontramos no mercado cápsulas que combinam os 2 nutrientes e com preços bem acessíveis, ótima opção para quem não faz as refeições em casa.
OBS: Estudos mostram que a linhaça tem efeito de reduzir a gordura abdominal, reduzir colesterol, triglicerídeos e diminuir a pressão arterial. Além disso, outros estudos mostraram que auxilia na redução dos sintomas da menopausa, pois as lignanas presente na linhaça são muito semelhantes ao estrogênio, tanto por causa da estrutura química como pela função. Dessa forma, pode ser útil para minimizar os sintomas da menopausa, período em que os níveis desse hormônio feminino sofrem uma queda natural.
Como se vê, tem benefícios para todos os gostos — e necessidades.

Dica 1 c. sopa ao dia de linhaça. Pode ser misturado no leite, batidas, saladas,...