Perfil

Criamos esse espaço para que nossos pacientes, amigos e curiosos por nutrição possam sempre encontrar informações, novidades, receitas e dicas que vão de encontro ao nosso atendimento. Esperamos que vocês curtam!

CONTATO:

Rua Dr. Montaury 1441 sala 402. Caxias do Sul/RS
Tel: (54) 30664554
Whats: (54) 981557525
Email: clarisse@corporesanocaxias.com.br
Site: www.corporesanocaxias.com.br
Face: www.facebook.com/clarisse.zanette
Instagran: @clarissezanette

30 de março de 2012

Cardápio Contra a Ansiedade!


Viver agitado e com muitas preocupações na cabeça não só prejudica o humor como faz o ponteiro da balança aumentar. Por isso, dê um tempo e invista em nutrientes calmantes.
A ansiedade contribui para a produção de cortisol, um hormônio associado ao acúmulo de gordura no abdômen. Uma maneira de diminuir este estresse é fazer exercícios físicos. Mas não é a única.

Há estudos que apontam a relação entre certos nutrientes com uma menor agitação. Um desses trabalhos foi publicado recentemente pela Universidade do Estado de Ohio, nos Estados Unidos. Nele, os jovens que receberam suplementação de ômega-3 apresentaram uma redução de 20% nos níveis de ansiedade quando comparados a quem consumiu cápsulas sem ômega 3.
A dieta exerce um papel importante no controle dos ânimos. Mas nenhum alimento é mágico. O tratamento é multidisciplinar. Segue alguns alimentos que podem auxiliar na redução da ansiedade:
Ômega-3
Para os pesquisadores da Universidade do Estado de Ohio, a suplementação com essa gordura reduz a ansiedade ao reduzir a concentração de citocinas, substâncias consideradas pró-inflamatórias. Os ômegas 3 e 6 facilitam a atuação de neurotransmissores como a serotonina, que cria a sensação de bem-estar.
Fontes: linhaça, óleos vegetais, azeite de oliva e peixes de água fria, como atum, sardinha e salmão.

Magnésio

A enzima que converte o triptofano em serotonina é dependente desse mineral e sua presença ajuda a acalmar os nervos. Além disso, o magnésio bloqueia um receptor chamado NMDA, que causa uma excitação exagerada no cérebro. A consequência são sintomas como irritação, ansiedade e estresse.
Fontes: cereais e grãos integrais, abacate, nozes, castanhas, amêndoas e vegetais folhosos.

Vitamina C
Estudos  mostram que ela ajuda a reduzir a produção de cortisol, hormônio do estresse. E esse não é seu único trunfo: ela combate os radicais livres, moléculas nocivas que fazem a festa em momentos de tensão.
Fontes: acerola, limão, laranja, morango, caju, brócolis e rúcula.
Evidências elevam a crer que os exercícios acalmam os nervos porque estimulam a liberação de uma substancia chamada endorfina. Até agora as atividades aeróbicas, como corrida, pedalada e natação, mostraram.se mais eficientes nesse sentido. Mas para a sessão de descarrego funcionar mesmo e preciso escolher o horário do treino com cautela.


Cálcio
Entre suas tarefas estão administrar a transmissão de impulsos nervosos e, junto com o magnésio, gerenciar a contração muscular. A ausência do mineral, é capaz de gerar uma senhora agitação.
Fontes: leite e derivados, vegetais verde-escuros, salmão e gergelim

Complexo B
Todas as vitaminas desse grupo mantêm o corpo em ordem. Mas, a B6 e o ácido fólico são essenciais para a formação do neurotransmissor serotonina. Sem essa dupla do complexo B somada ao triptofano e ao magnésio, ele não é criado.
Fontes: feijões, lentilha, grão-de-bico, cereais integrais, aspargos e couve.

Exercício Físico

Nenhum comentário:

Postar um comentário