Perfil

Criamos esse espaço para que nossos pacientes, amigos e curiosos por nutrição possam sempre encontrar informações, novidades, receitas e dicas que vão de encontro ao nosso atendimento. Esperamos que vocês curtam!

CONTATO:

Rua Dr. Montaury 1441 sala 402. Caxias do Sul/RS
Tel: (54) 30664554
Whats: (54) 981557525
Email: clarisse@corporesanocaxias.com.br
Site: www.corporesanocaxias.com.br
Face: www.facebook.com/clarisse.zanette
Instagran: @clarissezanette

27 de agosto de 2013

28° SEMANA GESTACIONAL: BANHO DE OFURÔ



Já estou no 3º trimestre (28° e 40º semana gestacional) e outras preocupações começam a surgir, como terminar o quartinho, enxoval, chá de bebê, o parto, entre outras coisas.



Fazendo a decoração do quarto, acabei comprando Ofurô para o bebê, ao invés da banheira tradicional.

Fiquei impressionado com a quantidade de benefícios que o Ofurô oferece para o bebê (higiene, relaxamento, analgesia, redução das cólicas, diminuição dos gases, agitação, choro, insônia e sem contar que o bebê se sente no útero materno).

A partir do sexto mês de gestação, os bebês desenvolvem a memória, e até os 9 meses de vida, serão capazes de recordar as sensações intrauterinas. Assim, quando entrarem em contato com a água, logo se lembrarão de um ambiente protegido, aquecido, escuro e da posição fetal em que costumavam ficar.

Quando colocamos o bebê em contato com a água em uma banheira normal, logo ele irá recordar de quando estava no útero materno, contudo não reconhecerá a posição e o ambiente, o que poderá ser motivo de insegurança, estresse e até cólicas após o banho.

Muitas vezes, ele enrijece e retorce o corpo, fecha as mãos e chora. Esse momento que deveria ser agradável torna-se estressante, tanto para o bebê quanto para os pais.

Importante salientar que o banho de Ofurô pode ser dado desde os primeiros minutos de vida, ainda na sala de parto, até 6 meses de idade, ou até quando o bebê ainda couber dentro do Ofurô e não conseguir ficar em pé.

Mas para que o banho tenha suas propriedades terapêuticas, como relaxamento e analgesia, a técnica deve ser orientada de forma correta. O bebê deve ser encaixado no fundo, como se estivesse sentado. A água deve estar, no máximo, até os ombros após ele entrar totalmente no Ofurô, por isso devemos respeitar a linha máxima do nível de água que está determinada na banheira, visto que o mais indicado, é que o bebê fique com a água dois dedos abaixo desse nível. É muito importante nunca deixar o bebê flutuar na água.

Na posição sentada, o formato circular do Ofurô ajuda a dar apoio e a transmitir segurança ao bebê. Com uma das mãos, deve-se apoiar a cabeça abaixo do queixo, para que não caia na água (até que o bebê tenha a capacidade de sustentar a cabeça sozinha, o que ocorre por volta dos 3 meses de idade), deixando a outra livre para o banho.

Nas primeiras semanas pode ser necessária a ajuda de outra pessoa até que o bebê fique mais firme ou que se obtenha a prática. 



           Marcas de Ofurô (balde) Tummy tub, San Remo e Plasútil. 
Preços podem variar de R$ 40 a 130,00 dependendo da marca. 

Na loja Mundo do Bebê em Caxias tem o Ofurô para o bebê e o suporte para o "Balde". Muito Bonito!!!!

Segue abaixo alguns vídeos para conhecermos melhor esta novidade!







Nenhum comentário:

Postar um comentário