Perfil

Criamos esse espaço para que nossos pacientes, amigos e curiosos por nutrição possam sempre encontrar informações, novidades, receitas e dicas que vão de encontro ao nosso atendimento. Esperamos que vocês curtam!

CONTATO:

Rua Dr. Montaury 1441 sala 402. Caxias do Sul/RS
Tel: (54) 30664554
Whats: (54) 981557525
Email: clarisse@corporesanocaxias.com.br
Site: www.corporesanocaxias.com.br
Face: www.facebook.com/clarisse.zanette
Instagran: @clarissezanette

1 de julho de 2010

AUMENTA A PROCURA POR CORANTES NATURAIS

O interesse por pigmentos naturais se deve, às reações que a substâncias artificiais podem provocar como manifestações na pele bem parecida com as de um processo alérgico. A grande vantagem, segundo o especialista Paulo Roberto Carvalho, pesquisador em SP, seria evitar o uso de aditivos químicos.
O amaranto por exemplo que é o corante sintético mais utilizado no Brasil, foi suspenso temporariamente nos EUA e proibido na Europa. O importante é que a produção seja criteriosa. Do contrário, até o natural pode ser tóxico.
Os corantes naturais têm função única de tingir os alimentos, a cor é determinante para o sucesso do produto.
Alguns corantes naturais, já desafiam a indústria:

BIXINA
É um carotenóide, assim como o betacaroteno da cenoura, retirado da semente do urucum. Seus tons passam pelo avermelhado e chegam ao marrom-tijolo.



CURCUMINA
Seu amarelo está nos pães, lácteos. O pigmento é extraído da raiz da cúrcuma, cultivados em países como Índia, China e Peru.

 
 
 CLOROFILA
Tons esverdeados estão em qualquer planta. Mas é do espinafre que vem o corante usado para colorir comidas.






ANTOCIANINA
Está na casca da uva o roxo que pinta as bebidas, preparados de frutas e confeitos. Também podemos encontrar na ameixa, framboesa e amora.



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário