Perfil

Criamos esse espaço para que nossos pacientes, amigos e curiosos por nutrição possam sempre encontrar informações, novidades, receitas e dicas que vão de encontro ao nosso atendimento. Esperamos que vocês curtam!

CONTATO:

Rua Dr. Montaury 1441 sala 402. Caxias do Sul/RS
Tel: (54) 30664554
Whats: (54) 981557525
Email: clarisse@corporesanocaxias.com.br
Site: www.corporesanocaxias.com.br
Face: www.facebook.com/clarisse.zanette
Instagran: @clarissezanette

20 de junho de 2013

8 Alimentos que baixam a pressão

Você sabia que quando a pressão sistólica cai só 2 milímetros de mercúrio (2mmHg), há uma diminuição de 10% no risco de morte por derrame e de 75% por infarto? Pois é, pequena diferença, mas grandes mudanças para o organismo.
Acompanhe agora 8 alimentos que vão lhe auxiliar a baixar a pressão se tornar a tarefa érdua.

Suco de Beterraba:
Proporciona uma queda de 7% na pressão arterial. O vegetal é fonte de nitrato, um potente vasodilatador natural, que pode apresentar a queda da pressão sistólica de 140 por 90 mmHg para 130 por 90 mmHg. Além de carregar potássio e flavonóides que favorecem a derrocada da pressão.


Clara de Ovo:
Além de não conter colesterol, a clara tem peptídeo capaz de inibir a enzima formadora da angiotensina, substância que contribui para o estreitamento dos vasos e elevação da pressão. Efeito semelhante ao do medicamento captoprill.




 

Chocolate:
Contendo de 50 a 85% de cacau, este alimento faz a pressão cair cerca de 3 mmHg, deliciando-se com apenas um quadrado ou no máximo uma barrinha. Os flavonóides do cacau propiciam a formação de óxido nitrico que dilata os vasos sanguíneos.


Uva-passa:
Os polifenóis e antioxidantes auxiliam na queda da pressão, o recomendado são duas colheres de sopa por dia.



 


Nozes:
Por conta dos polifenóis e ácido alfalinolêico, uma versão do ômega-3, as nozes auxiliam a evitar os picos de pressão.


Leguminosas:
Uma xícara diaria, como por exemplo de feijão, auxilia no nível açúcar do sangue e também alia as artérias tensionadas. O feijão previne os picos de glicose por ser um alimento de baixo índice glicêmico, o que facilita o controle da pressão. Recomenda-se abrir mão de temperos industrializados no preparo dos alimentos.



Chá verde:
O chá abastecido de polifenóis é aliado contra a hipertensão. Três xícaras do chá ao longo de quatro semanas já apresenta baixa significativa na pressão arterial.



Iogurte:
O consumo de um pote de 200 gramas de iogurte com baixo índice de gordura a cada três dias pode reduzir em 31% o risco de desenvolver hipertensão, isso porque na ausência de cálcio há aumento na concentração de vitamina D, o que sinaliza para o corpo a necessidade de preservar o pouco calcio que resta. O problema é que, aí, ele adere à parede dos vasos, gerando um aumento da pressão lá dentro. Para evitar desastrosas consequências, é só caprichar na ingestão de lácteos magros.


Mais do que acrescentar estes itens em sua alimentação, é fundamental que substitua-se outros itens que nos deixam a mercê da hipertensão, como o sódio. Por reter água, ele faz o volume do sangue no interior das artérias aumentar, com isso a pressão decola. Além do sódio, muito cuidado com as gorduras, sobretudo as saturadas, elas se depositam na parede das artérias, endurecendo-as e dificultando o fluxo de sangue.

Tenha uma vida saúdavel, cuide de sua alimentação! Nosso corpo é aquilo que comemos.




Fonte: Revista Saúde junho/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário